sexta-feira, 1 de abril de 2011

Festival da fertilidade

Primavera chegando e com ela muitas festividades.



Queridas amigas (os)em primeiro lugar,peço que não fiquem chocadas ,vejam essa postagem apenas pelo lado cultural e informativo.

Logo que cheguei aqui no Japão ,ficava de boca aberta literalmente, com tantas novidades ,maaaasss a que mais me deixou de queixo caido ,digamos assim foi quando eu soube através de um vizinho que tinha o templo do dito cujo ,vamos chama-ló assim.E olha  que eu não acreditei!!!! Tive que ver com os meus próprios olhos para crer.Ha quem diga que o Japão e um pais  que tem alguns costumes um tanto exóticos digamos assim.
Você duvida?Então tem que ir  num festival  um tanto inusitado ,o festival da fertilidade no Japão.  o kanamara matsuri (ou festival da fertilidade)com roupas e musicas típicas ,dança,altares enfeitados.A escultura com cerca de 280 kilos,e transportada em ombros ate o tumulo da tagata shinto ,que fica no templo da deusa: takenadane -no-mikoto(deusa da fertilidade).Centenas de pessoas passam pelo festival  e muitos estrangeiros curiosos vão conferir de perto.
No festival podemos encontrar chaveiros , enfeites, doces e vários outros ítens em formato de genitalia, que é o símbolo máximo do festival.Diz a lenda local que a mulher que encostar as mãos nas esculturas nunca terá problemas para engravidar. O festival de Kanamara Matsuri acontece no primeiro domingo de abril ,na cidade de Kawasakil,(Kanagawa) e o governo local espera mais de 1 milhão de visitantes na cidade para comemorar a data.Porem esse ano nao sei como vai ser, devido o triste acontecimento do terremoto seguido de tsunami que assolou o nordeste do pais no dia 11/6/2011.

É muito interessante ver os japoneses, que dificilmente mostram publicamente coisas desse tipo, se divertirem tomando sorvetes chupando pirulitos e muitas outra guloseimas , comprando velas e carregando esculturas em forma de pênis.Diz a lenda que havia um demônio escondido dentro de uma jovem moça. A delicada cortesã já havia passado por duas tentativas de casamento. Na noite de núpcias, tragicamente os dois pretendentes foram castrados. Um grupo de sacerdotes se reuniu e percebeu que a moça estava possuída. Surgiu a idéia de que um falo de aço era a ferramenta ideal para libertar a moça e seus noivos da maldição. A decisão foi tomada, e um consolo foi encomendado a um ferreiro. No terceiro casamento, no momento do vuka-vuka primordial, a piroca de aço foi introduzida na moça, e os dentes do demônio quebraram-se, libertando a donzela do pesadelo. Desde então, o fallus de aço foi canonizado.

Dizem que tudo começou na Era Edo (1604-1868), em que as prostitutas que faziam orações, pedindo prosperidade nos negócios e proteção das doenças sexualmente transmissíveis. Com o tempo, a celebração passou a atrair também visitantes que oravam por filhos saudáveis e harmonia no casamento.
Mas ficou famoso na década de 70, quando uma boate gay doou um andor com um pênis gigante cor-de-rosa, que virou ícone do evento. O festival é realizado desde o século 17.
No templo, há vários totens xintoístas em forma de pênis, esculpidos em pedra, ferro e madeira. É ali que as mulheres colocam plaquinhas de agradecimentos por terem os pedidos atendidos ou placas com desejos como ter filhos ou uma gravidez tranquila.
Também tem várias lembrancinhas, pirulitos e tudo que se possa imaginar em forma de pênis.
Só no Japão mesmo para venerar um pênis gigante cor-de-rosa, fora outros de outras cores que são espalhados no Matsuri e nos templos.

isso  que e gostar de bilau!!!

Festival na cidade de Komaki(provincia de Aichi)

Encontra-se o dito cujo, ate nas cabeças das mulheres.

Festival na cidade de Kawasaki(Kanagawa)




Enquanto os japas idolatram o dito – cujo e pedem por fertilidade ,para os turistas (e não são poucos) que vão conhecer o Festival, é diversão garantida hehe .E tem outro templo do dito cujo tambem, na cidade de Komaki na provincia de Aichi.,no centro do Japao, e como aqui e tudo muito regiona( como o carnaval no Basil por exemplo).La eles comemoram tambem a chegada da primavera ,a boa colheita e prosperidade,e o festival la e chamado de: hounem matsuri(honen significa: colheita matsuri: festival).La diferente do festival de kawasaki(Kanagawa) ,que o bilau rosa pode ser carregado pelas mulheres, a escultura do bilau gigante e carregada so pelos homens de 42 anos ,idade considera critica por eles.Equanto eles depositam o dito cujo no sepulcro da deusa da fertilidade, eles acreditam que recebem proteçao.Atualmente o festival vem ganhando novos significados, como o pedido de proteçao contra a AIDS.E no evento do ano passado a prefeitura de Kawsaki ,montou uma barraca  aonde distribuiu preservativos e materiais explicativos sobre a doença em varios idiomas.

11 comentários:

Gigi disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
Patrícia Quel disse...

Gigi
Nossa, que interessante e inusitado... A cultura do Japão sempre me inriquecendo com novidades, ou melhor vc e seu blog aumentando minha cultura...
Bjs!

Kariny - Mamãe Cristã disse...

kkkkkkkkkk fui obrigada a rir... MISERICÓRDIA!! eles tem cada uma né, tanta crença, tanta idolatria até pelo negócio tá looooooouco kkkk acho que eu ficaria sem jeito de ver... sei lá, é estranho né, mas pelo jeito pra eles é comum essa festividade e eles levam bem a sério né! cada louco com sua loucura! rsrs... beijos amada e um ótimo final de semana!!

ESpeCiaLmente GaSPaS disse...

hahahahahahaha.... Uns idolatram em casa outros na rua :P

Fabi a loba!!! disse...

Nossa que interessante... nunca poderia imaginar que pudesse haver um festival assim... continuo a cada dia gostando mais e mais da cultura japonesa, eles tem valores que nós aqui no Brasil nem sonhamos ou damos devidos valores.

Respeito demais essa cultura, beijinhos flor!!!

Evelyn V. disse...

Querida Gigi.

O blog também é cultura, eu não sabia que existia o dia da fertilidade no Japão.
Cada país tem sua tradição.Devemos respeitar sempre.

Fique com Deus e tenha um ótimo fim de semana.
Beijos.

http://www.acredite-emvoce.com/

otilia cristina disse...

NOSSASINHORA....
NUNCA VSITO UM TREM DESSE NAUM SRSR SRSRS SRSR GIGI AMIGAAAA...KKKKKKKKKKKKKK MAS OLHA A TRADIÇÃO É QUE VALE NÉ?/MAS OLHA O POVO SOLTA A FRANGA MESMO HEIM..AS MENINAS E A MOÇA DOS CABELOS ..SRSRSR ACHEI DIVERTIDISSIMO DEMAIS...JA TINHA OUVIDO FALAR DESSA FESTA MAS DESSAS ESTATUAS NUNCA !!SRSR MAS É LEGAL..BONITO DE SE VER SRSR SRSRS BJS
OTILIA

Paula Li disse...

Gigi, juro que quando comecei a ver as fotos pensei que estivesse vendo coisas, mas que nada!!!
Meus olhos estavam vendo aquilo MESMO!
Mal posso acreditar que os discretos japonoses são capazes de mostrar aquilo em público!
Gostei muito de conhecer mais esta faceta do povo japonês.
Bjs

Aline Teodosio disse...

A cultura japonesa é mesmo incrível!!! Sempre alguma coisa inusitada. Meu sonho é conhecer essa terra tão diferente.

Gigi disse...

Quel
E a cultura daqui e muito inusitada mesmo.

Mel

Muito louco ne!!!rsrsrsr

Kariny

kkkkkkk e verdade cada louco com sua mania .

Gaspas

e verdade kkkkk enquando uns idolatram na rua outros idolatram em casa

Fabi
Eu tambem jamais pudesse imaginar que existisse algo assim so no Japao mesmo rsrsr

Evelyn ,pois e blog tambem e cultura.


Otilia

POis e os japoneses que normalmente costumam ser timidos soltam a franga nesse dia .Quando eu morava no Brasil nunca tinha ouvido falar .

Paula

Ne!!!!rsrsrsr eu tambem me falaram eu nao acreditei ,precisei ver pra crer

Aline
Realmente tem muita coisa diferente vale a pena conhecer a cultura

Queridas amigas obrigada pelos comentarios beijos

juju disse...

minha nossa! fiquei passada com esse dia da fertilidade,mas acho que não tinha melhor maneira para representar rsrs.